Valorização do idoso: Projeto antecipa saque do FGTS aos 60 anos

Ao completar 60 anos o idoso vai poder sacar o FGTS. O acesso ao fundo ocorrerá caso seja aprovado o projeto da deputada federal Flávia Arruda (PL-DF), o PL 5312/2019 que visa a “valorização do idoso”. Pelas regras atuais, inscritas na Lei 8.036/1990, que dispõe sobre o Fundo, o saque acontece aos 70 anos de idade.

Os direitos do idoso
Quem estabelece os direitos do idoso é a Lei 10.741/2003, conhecida como Estatuto do Idoso. O Estatuto reconhece como idosas as pessoas acima de 60 anos, o que motivou a apresentação do projeto pela parlamentar brasiliense.

Saúde
Flávia Arruda adverte sobre a atenção que deve ser dada à saúde do idoso. A parlamentar considera fundamental esse olhar para avaliação do seu projeto. “Acontece que, aos 70 anos, muitos idosos já sofrem em decorrência de alguma doença ou limitação e o saque do FGTS não vai cumprir o objetivo ao qual se propõe”, pondera.

Depressão
Pesquisas apontam a depressão como uma patologia muito comum entre idosos brasileiros. De acordo com o IBGE houve um aumento de 705% nos últimos 16 anos. “No caso de mortes associadas à depressão, os maiores índices estão concentrados em pessoas de 60 anos, com ápice após 80 anos”, reforça Flávia Arruda.

Cuidar do idoso
“Creio que seja dever de toda sociedade cuidar dos idosos. Como parlamentar, há um compromisso ainda maior de criar políticas públicas que atendam todas as necessidades e entendam estas vulnerabilidades”, explica a deputada.

  • Post category:Notícias
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments