Flávia Arruda comemora MP que recompõe salário da segurança

A Medida Provisória que garante a recomposição salarial de bombeiros, policiais civis e militares do Distrito Federal foi assinada nesta terça-feira (26). A conquista foi comemorada pela deputada federal Flávia Arruda (PL-DF) que tem lutado pelo avanço das negociações, com o governo federal e no congresso, desde o início do mandato.

Nas redes sociais ela reforçou o apoio às categorias. Confira:

“Nosso esforço em aprovar a mudança na LDO foi recompensado hoje com a assinatura da Medida Provisória de recomposição salarial das polícias civis, militares e bombeiros. Uma espera de cerca de 10 anos por essa reparação.

Agora vamos lutar para aprová-la no congresso e seguir conversando com líderes e demais parlamentares para esclarecer a importância dessa medida.

Seguimos lutando também pelo PLP 39 de ajuda aos estados e municípios para que categorias como educação, saúde e assistência social sejam preservadas do congelamento salarial, deixando aos governadores e prefeitos a decisão de acordo com suas realidades.

Muito obrigada pelo apoio de cada um de vocês e pela entrega diária em defesa da nossa cidade, especialmente neste momento tão difícil”.

Valores

A recomposição para a Polícia Civil é de 8% sobre o salário. No caso de policiais militares e bombeiros, será de 25% em vima da vantagem pecuniária especial (VPE). A medida é retroativa a janeiro de 2020.

No dia 13 de maio o PLN que inclui a previsão na Lei de Diretrizes Orçamentárias foi aprovado. Agora a Medida Provisória precisa ser validada pelo Congresso Nacional em até 90 dias.

Acompanhe a Flávia 

Gostou deste conteúdo? Faça um comentário!

avatar