Projetosda Flávia

Mãezinha Brasiliense

Com o objetivo de assistir as mulheres grávidas nos hospitais públicos do Distrito Federal, o projeto Mãezinha Brasiliense foi criado em 2009, para oferecer um kit enxoval, atendimento humanizado e prioritário na rede pública de saúde...

Veja mais

Bolsa Universitária

O programa apresentava duas modalidades. Na primeira, que era modelo de estágio, o aluno não pagava nada. A bolsa era de 80% da mensalidade. A segunda modalidade da bolsa era de 70% e 30% o aluno pagava. Em 2008 foram assinados 37 convênios com entidades de ensino superior.

Veja mais

Horta Comunitária

As hortas comunitárias têm o papel de produzir alimentos através do trabalho voluntário da comunidade. Elas podem ser implementadas em áreas públicas dentro da cidade ou em condomínios...

Veja mais

Notíciasrecentes

Acompanhe a Flávia 

Sobrea Flávia

Natural de Brasília, Flávia Arruda, nasceu no dia 21 de janeiro de 1980. Formada em Educação Física na Universidade Católica de Brasília, Flávia trabalhou em Taguatinga por um período, até decidir montar uma escola, no Recanto das Emas. Casada com José Roberto Arruda, mãe de Maria Luisa e Maria Clara. Recentemente, retomou o seu sonho de concluir o curso de Direito.
A área social sempre foi prioridade na sua vida, por influência dos pais. A oportunidade de desenvolver projetos na área se tornaram realidade no período em que seu marido, Arruda, esteve governador.
Entre eles está o Mãezinha Brasiliense, na época, o projeto oferecia atendimento humanizado, com atendimento prioritário nos postos de saúde, com apoio psicológico e um kit enxoval à mães que realizavam os partos de seus bebês nos hospitais públicos do Distrito Federal. Ao longo de sete meses de projeto na rua, cerca de 25 mil mães e bebês foram beneficiados. Flávia também desenvolveu o projeto Bolsa Universitária, que ajudou milhares de jovens a realizar o sonho de ingressar na universidade e o projeto que deu início e incentivou a criação da Educação Integral no Distrito Federal.

Fechar Menu