Flávia Arruda é mulher, mãe de família, esposa e conhece a fundo as dificuldades enfrentadas pelas mulheres diariamente no nosso país. As mulheres merecem a valorização do seu papel, seja no mercado de trabalho, em sociedade ou em casa, com respeito e reconhecimento. Também precisamos incentivar mais ações eficazes de proteção à mulher. Flávia luta para que as mulheres ocupem o espaço que quiserem.

Desenvolveu e incentivou projetos sociais no Distrito Federal, no período em que Arruda, seu marido, foi governador. Eles ofereceram melhores condições e cuidados à mulher. Idealizou a Licença Maternidade de seis meses para as servidoras públicas do GDF, foi uma luta de Flávia, assinada por Arruda.

Criou projetos como o Mãezinha Brasiliense, que ajudou milhares de mulheres grávidas, mães e bebês. Eles recebiam um kit enxoval, atendimento humanizado e prioritário na rede pública de saúde do Distrito Federal. Da ação do projeto Reconstruindo a Liberdade, nasceu o Miss Penitenciária, juntos ofereceram às detentas atendimento médico especializado, apoio jurídico e de assistência social.

Flávia Arruda vai trabalhar pela valorização da mulher, que é esposa, filha, irmã, mãe e lutar no Congresso Nacional para que todas as mulheres tenham os seus direitos respeitados. A mulher precisa mostrar a sua força, a sua garra e o seu trabalho também na política.

Emenda de R$200 mil de Flávia Arruda levará a todo DF programa que fortalece rede atendimento às mulheres e meninas

O combate à violência contra a mulher no Distrito Federal receberá um reforço estratégico graças a emenda de R$200 mil da deputada federal Flávia Arruda. O programa “Jornada Zero Violência…

Continuar lendo Emenda de R$200 mil de Flávia Arruda levará a todo DF programa que fortalece rede atendimento às mulheres e meninas

Caso Mariana Ferrer: Flávia Arruda apresenta projeto que torna crime a violência institucional e a insere na lei de abuso de autoridade

A deputada federal Flávia Arruda (PL-DF) protocolou, nesta quarta-feira (04), o Projeto de Lei 5091/20 que torna crime a violência institucional, atos ou omissão de agentes públicos que prejudiquem o…

Continuar lendo Caso Mariana Ferrer: Flávia Arruda apresenta projeto que torna crime a violência institucional e a insere na lei de abuso de autoridade